Polícia Militar Ambiental autua assentado em R$ 4,8 mil por transporte de carga de madeira ilegal apreendia pela Polícia Militar Rodoviária

0

Campo Grande (MS) – Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Dourados foi acionada por Policiais Militares Rodoviários (PRE) da base de Vista Alegre, no município de Maracaju, em razão da abordagem na rodovia MS 462, de um caminhão com carga de madeira suspeita de estar sendo transportada ilegalmente.

A PMA foi ao local ontem (27) e verificou que o caminhão abordado, transportava 16 m³ de madeira em pranchas e lenha, sem o Documento de Origem Florestal (DOF). O DOF é o documento ambiental para o transporte e armazenamento de qualquer produto florestal. A carga de madeira e o veículo foram apreendidos.

Publicidade

O infrator, motorista do caminhão e proprietário da carga, de 58 anos, residente no assentamento Fortaleza, em Maracaju, foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de daquela cidade e responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá receber pena de seis meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 4.800,00 pela PMA.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.