PF faz operação contra fraudes em licitações de combustível em prefeitura de MS

0

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (26) a Operação Posto Exclusivo, com o objetivo de combater a prática de crimes de corrupção envolvendo licitações na Prefeitura do Município de Ladário, no estado do Mato Grosso do Sul.

Aproximadamente 55 policiais federais cumprem 12 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Federal de Corumb, nas cidades de Ladário, Corumbá e Rio de Janeiro/RJ.

Publicidade

A investigação tiveraqm início após denúncia que indicava haver conluio de um empresário do ramo de combustíveis com servidores municipais. Os investigados poderão responder pelos crimes de corrupção passiva e ativa, por crimes previstos na Lei de Licitações e Contratos e por organização criminosa, prevista na Lei nº 12.850/2013, conforme aprofundamento dos trabalhos.

O nome da operação faz referência ao fato da empresa investigada ser a única fornecedora de combustível à Prefeitura de Ladário, vencendo sucessivas licitações com suspeitas de fraudes.

Em razão da situação de pandemia da COVID-19, a Polícia Federal planejou uma logística especial de prevenção ao contágio, com distribuição de

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.