Pai sai para comprar fraldas, compra vodka e agride esposa em Sidrolândia

0

Um homem foi preso após agredir a esposa na noite desta quarta-feira (12), em Sidrolândia. Uma criança, filha da vítima, que acionou a Polícia Militar, pedindo socorro.

O crime ocorreu por volta das 23h, quando a Polícia Militar foi acionada para atender um caso de violência doméstica na Rua Marechal Deodoro. No local, uma criança pedia socorro, relatando que seu padrasto, G.M.F., estava agredindo a mãe dela, F.B.G.

A equipe policial encontrou F.B.G. na via pública, onde ela confirmou que havia sido agredida pelo marido, que estava sob efeito de pasta base de cocaína e álcool. A agressão começou depois que ela jogou fora uma vodka comprada por ele, que exigia dinheiro para comprar mais bebida.

Segundo a mulher, a bebida alcoólica foi comparada com o dinheiro que ela havia lhe dado para comprar fraldas à filha. No entanto, ele voltou com a garrafa.

Ao chegar à residência, os policiais encontraram o acusado agitado e se recusando a cooperar. Diante da situação, a equipe utilizou força moderada para contê-lo e algemá-lo.

Na casa, os sinais de violência eram evidentes: uma porta de vidro quebrada e a fiação arrancada. A mulher relatou ter sido ameaçada de morte pelo marido com uma faca de 15 centímetros.

Cinco crianças estavam no local e foram posteriormente levadas para a casa de um pastor evangélico. A mulher, com lesões e temendo pela vida, relatou que o marido sempre foi agressivo, mas a violência aumentou recentemente.

O marido, por vez, negou as agressões, alegando ter apenas empurrado e segurado a esposa pelo pescoço, motivado por ciúmes. O acusado já possui três registros anteriores de violência doméstica como agressor, conforme o site local Sidrolândia News.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.