Operação Protetor resulta na apreensão de comboio com contrabando e descaminho em Ponta Porã

0

Na última terça-feira (07) a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira (DEFRON), desencadeou a Operação Protetor, culminando na interceptação de um comboio composto por oito veículos carregados com produtos de contrabando e descaminho. O episódio ocorreu por volta das 10h30, na rodovia MS 378, na região do Corona, situada no município de Ponta Porã, estado do Mato Grosso do Sul.

A ação faz parte da estratégia da DEFRON, em colaboração com o Ministério da Justiça e Segurança Pública e o Estado do Mato Grosso do Sul, visando o combate aos crimes transfronteiriços, incluindo o contrabando, tráfico de drogas e armas de fogo, além de delitos rurais. Durante o patrulhamento ostensivo, os agentes policiais avistaram e interceptaram o comboio de veículos na rodovia MS 378, contudo, os motoristas, ao notarem a presença policial, abandonaram os automóveis e empreenderam fuga pelos campos de milho adjacentes à via.

Após inspeção minuciosa nos veículos, constatou-se que todos estavam carregados com produtos contrabandeados e descaminhados, foram apreendidos: 08 (oito) veículos automotores, 33 caixas de cigarros, diversos volumes de isqueiros, volumes de óculos, 10 pneus, volumes de produtos de cosméticos, volumes de relógios, entre outros produtos contrabandeados/descaminhados.

Os veículos apreendidos, juntamente com as mercadorias ilícitas, foram encaminhados à sede da DEFRON, localizada em Dourados, para contabilização e demais procedimentos legais. O valor total do prejuízo ao crime, considerando as mercadorias e os veículos apreendidos, estima-se em aproximadamente R$ 800.000,00.

A DEFRON reforça a importância da participação cidadã na denúncia de atividades ilícitas, disponibilizando o telefone (67) 99208-8808, com atendimento 24 horas por dia, sete dias por semana, garantindo o sigilo absoluto das informações.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.