Idoso nega dinheiro a morador de rua e leva pedrada ao sair de igreja

    0

    Um idoso de 62 anos foi agredido com uma pedrada no rosto ao sair da igreja na região central de Campo Grande. O caso aconteceu na noite desta segunda-feira (13).

    Segundo registro policial, o idoso estava saindo da igreja, por volta das 22 horas, juntamente com a esposa e filho quando apressou o passo em direção ao carro, deixando a família para trás. Neste momento, segundo a filha, um morador de rua se aproximou do pai com a intenção de roubá-lo, acredita, e o agrediu com uma pedrada no rosto.

    O golpe contra o rosto da vítima causou alguns ferimentos no rosto e sangramento. Rapidamente a família e outras pessoas presentes agiram, socorrendo o idoso, que foi encaminhado ao hospital. O criminoso fugiu em seguida, em direção à rodoviária antiga, enquanto a polícia era acionada.

    Polícia Militar compareceu ao local e, após ouvir a família, iniciou buscas pelo suspeito, localizando-o em frente a rodoviária antiga. Aos militares, o homem, de 40 anos, admitiu que havia se envolvido em uma briga, porém, esclareceu que havia atirado uma pedra contra a pessoa, pois haviam brigado.

    Diante dos fatos, a equipe policial enviou uma foto do autor para a filha, onde o autor foi reconhecido pela vítima como sendo o agressor. Ainda de acordo com a filha, a vítima foi socorrido pela esposa, através de meios próprios, sendo encaminhado ao Prontomed da Santa Casa, com lesões nos lábios e suspeita de fratura no maxilar, aguardando exames mais detalhados para melhor avaliação médica.

    Com o reconhecimento, o homem foi preso e encaminhado para a Depac-Cepol (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). Na delegacia, ele relatou que a esposa está internada na maternidade Cândido Mariano e que estava nas proximidades da igreja pedindo ajuda financeira.

    Na tentativa de pedir dinheiro, ele explicou que se aproximou do idoso e pediu dinheiro, porém, alega que foi destratado pela vítima. Com raiva, teria se apossado de uma pedaço de madeira e dito para o autor se afastar, no entanto, teria sido agredido pela vítima.

    Para se defender, então, teria de apossado de uma pedra e desferido um golpe contra o rosto da vítima. O homem ainda se queixou de dores nas costelas e costa, alegando que foi agredido. Ele também negou a prática de roubo.

    DEIXAR UM COMENTÁRIO

    Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.