Golpista se passa por funcionário de banco e leva 6,7 mil de idosa

    0

    Uma mulher de 67 anos foi vítima de estelionato no início da noite de quarta-feira (21) em Dourados. Ela recebeu ligação de falsos funcionários de seguradora e de banco. O cartão dela foi levado pelo golpista e R$ 6,7 mil foram descontados do cartão de débito.

    Conforme ocorrência, a idosa estava em casa quando recebeu uma ligação no telefone fixo. Do outro lado a pessoa se identificava como sendo de um seguradora e avisando que o cartão poderia ter sido clonado. Alguns minutos depois outra ligação, desta vez de uma pessoa que se passava por atendente do banco Bradesco, informando sobre a clonagem do cartão.

    Publicidade

    O golpista informou que mandaria até a residência da idosa um representando do banco para recolher os cartões. O falso funcionário disse para cortar os cartões ao meio.

    Passado alguns minutos, apareceu na residência um homem se dizendo do banco, pediu a senha e foi embora levando o lado dos cartões que continham o chip. A mulher desconfiou e anotou a placa do veículo em que o homem era passageiro.

    O caso foi repassado à polícia. O proprietário do veículo foi localizado. Tratava-se de um motorista de aplicativo. Ele informou que buscou o homem em frente a um hotel e levou até a residência da mulher, porém, o mesmo disse que era vendedor de tecidos.

    Logo depois deixou o falso funcionário do banco na esquina do mesmo hotel. Uma equipe da Polícia Civil se deslocou até o hotel, porém, em contato com o atendente, nenhum dos hóspedes parecia com o estelionatário.

    DEIXAR UM COMENTÁRIO

    Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.